Pediatra também é gente, também é mãe!!!!

      Hoje é dia de receber pediatra no Mamãe Now, mais que isso dia de receber um relato lindo e emocionante de uma médica que passa pelas mesmas angústias que nós, outras mães. Ás vezes a gente esquece que dentro do jaleco branco também mora uma pediatra que também é gente e que também é mãe. Obrigada Dra Fernanda Catharino por dividir tão gentilmente com a gente sua intimidade, obrigada por nos fazer pensar que somos todas iguais e que juntas somos sempre mais fortes. O espaço é seu, fique à vontade. E quem quiser conhecer um pouco mais sobre a Dra Fernanda visitem o site COLO DE PEDIATRA.

 

 

Nada como viver os momentos na pele, né?! Ao vivo! Lembro como se fosse hoje o planejamento para a chegada do meu primeiro filho. Já era Pediatra, mas vivia um momento completamente diferente na minha vida. Vivia um momento “cuidar de crianças graves”! Meu dia -a-dia era dentro de UTI neonatal e salas de parto de crianças prematuras. Independente da tensão em estar ali para receber um bebê grave, sempre pensava: “Acho tão lindo o momento “dar a luz”…… Tão sublime….. Me encanto em cada sala que faço, cada parto q participo….. Participo com vontade! Sorrindo a qualquer hora…..” qdo descobri que estava grávida foi um turbilhão de emoções ao ouvir o “Positivasso!” do laboratorio de onde eu trabalhava! Imediatamente me remeti ao momento sala de parto…. nascimento! Que momento sensacional! E até hj, cada nascimento que participo eu lembro dos meus dois partos…. Talvez hoje faria diferente…. Afinal, quanto mais aprendemos, mais queremos que as coisas sejam perfeitas….

Mas foram perfeitos! Cada um com suas particularidades. Um foi pra UTI. Dias mais doloridos da minha vida. Pior sensação que já vivi. O choro mais triste da minha alma! A dor mais bizarra do mundo. A uti neonatal, lugar que eu estava todos os dias como médica, acabou comigo. Mas passou. Fui grata, aprendi que sou igual a qualquer mãe. Não quis ser médica aqueles 5 dias eternos. Queria só ir pra casa. Com meu filho. Meu bb lindo, planejado e esperado. Fiquei mais perto ainda de Deus. E tinha certeza que Ele estava comigo. Sempre acreditei na conexão Pediatra-Deus….. Mas a ligação direta Mãe-Deus….. Ah essa era a mais forte do mundo! Meu marido incansável. Do meu lado sempre. Meu pais tambem! Orações intensas! Fervorosas!Tivemos alta numa quarta-feira. Jamais vou esquecer daquela sensação. Me sentia somente na obrigação de agradecer a Deus. Jurei q nunca mais pediria nada. Tudo que eu precisava estava ali comigo. Enfim, em casa com meu Joao Pedro!

Daí, 4 anos depois resolvo engravidar. Foi difícil tomar essa decisão. Um filme passava na minha cabeça…. Mas decidi…… Em um plantão da vida…. Um enjôo…. Uma ultra e estava lá! 8 semanas! A sexagem fetal, me disse que mais um Joao vinha por ai….. E a casa não ia precisar passar por uma grande mudança…. Ia continuar azul! Fomos nós….. Quarto, enxoval, planos…. Tudo bem …. E ai….. Começaram contrações fora de hora….. E a pressão da mamae subindo. 35 semanas, colocada de castigo e sem celular. DHEG! Putzzzz!!!!! Lá fui eu pedir a Deus de novo: protege meu filho! 2 semanas tensas! Repouso. Comida sem sal….. Edema….. E sem celular (acreditem!!!!!!)….. Enfim, 37 semanas um prematuro de 3.920g chegou! Meu lindo cabeludo chegava dando mais um susto na mamãe. Mas, se comportou bem! Não foi pra Uti! E eu, claro agradeci muito a Deus de novo! Fui pra casa com meu João Guilherme!!!!! Uma felicidade completa! Claro que não tinha direito de pedir mais nada a Deus! Minha família linda, em casa, sob meus olhos! Nada eu queria mais na minha vida!

O q eu faria diferente????? Talvez mais um filho….. Num parto normal ou numa cesárea humanizada…. Com uma linda musica tocando….. Uma luz mais baixa…. contato pele a pele….. amamentando na primeira hora de vida…..licença maternidade de 6 meses para uma amamentação exclusiva…. E com a maturidade e todo o conhecimento que eu tenho hoje…… Com certeza em outra vida. Sim, eu acredito que adquirimos conhecimentos para evoluirmos. Vamos evoluindo…………. e enquanto estamos por aqui, vamos viver, aprender, amar, acolher e fazer com muita vontade!

Renata Chiarello

Oi, eu sou Renata Chiarello mãe da B. Uma mãe que alterna loucura e equilíbrio (afinal qual mãe não é assim, né?). Uma mãe que quer desvendar e mostrar o mundo. Uma mãe que descobre todos os dias, de diferentes formas, as maravilhas e dificuldades que a maternidade traz.

Related Posts

Comentários sobre este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *