FASES DO LEITE MATERNO

As transformações e fases do leite materno durante o primeiro mês pós-parto.

Ainda me lembro que nas primeiras mamadas da Betina tinha dúvida sobre o líquido que saia dos meus seios…era uma água meio amarela que não parecia em nada com leite, mas que a saciava. Então várias dúvidas surgiram na minha cabeça, e depois percebi que muitas mães também  ficam receosas sobre a aparência do leite no pós-parto.

E sempre pronta pra nos ajudar, Dra Fernanda Catharino, pediatra de Niterói, autora do blog COLO DE PEDIATRA, enviou um socorro.

Veja o que ela nos diz sobre as fases do leite materno.

Já não é novidade nesse mundo moderno que o Leite Materno é o melhor alimento para a criança até os 6 meses de idade. Sim, ele é completo! Não, o bebê não precisa de nadinha além dele até completar 6 meses de idade! Mas é importante sabermos que esse líquido completo e maravilhoso passa por algumas transformações durante o primeiro mês pós-parto e também é importante que a mamãe e a rede de apoio saibam que em todas essas fases são capazes de alimentar um RN.

A primeira fase do leite materno é denominado COLOSTRO. O colostro começa a ser produzindo ainda antes do nascimento e permanece até mais ou menos o sétimo dia de vida do bebê. Quando o bebê nasce, o cérebro recebe a mensagem que isso aconteceu e os hormônios começam a agir na produção do leite materno, que nessa fase é denominado colostro! O Colostro é amarelado, viscoso, rico em proteínas, vitaminas, sais minerais e lactose, que promove a multiplicação de lactobacillus bifidus, favorecendo o crescimento da flora intestinal. O colostro também facilita a eliminação de mecônio, ajudando na prevenção de Icterícia. O estômago do bebê é pequenininho nessa fase e cabe cerca de 7 ml de colostro a cada mamada. É bem comum as mães acharem que o bebê não está mamando o suficiente, e se não tiverem a informação correta, acabam por não acreditarem que são capazes de alimentar seu bebê…. Não esqueçam: O RN deve sugar o colostro sempre que quiser!

 

Por volta dos 7 dias de vida, o leite é chamado de LEITE DE TRANSIÇÃO, e assim ele permanece até os 14 dias de vida do bebê. Observa -se nessa fase uma mudança importante no padrão das mamadas. Elas ficam um pouco mais longas e seu leite não é mais tão amarelo.

Aos 15 dias, a nutriz alcança o chamado LEITE MADURO. E é ele que vai acompanhar seu filho durante o período de aleitamento materno exclusivo! A mamada do leite maduro é “dividida” em duas partes: a primeira o bebê suga leite com muita avidez, mata a sede! A segunda parte, ele suga mais lentamente, mais sincronizado. É a gordura!!!! É essa “parte” do leite que confere saciedade e faz o bebê ganhar peso! “Mas Dra, e o que é uma boa mamada?” Ah uma boa mamada não está relacionada ao tempo que o bebê fica no peito. Uma boa mamada é aquela na qual o bebê agitado vai ao peito faz uma boa pega, suga com avidez e um tempo depois começa a sugar mais lentamente e…… larga o peito espontaneamente, dormindo ou não!

 

E aí ficou com alguma dúvida?

Manda pra gente!!!

Grande beijo

Renata Chiarello

Renata Chiarello

Oi, eu sou Renata Chiarello mãe da B. Uma mãe que alterna loucura e equilíbrio (afinal qual mãe não é assim, né?). Uma mãe que quer desvendar e mostrar o mundo. Uma mãe que descobre todos os dias, de diferentes formas, as maravilhas e dificuldades que a maternidade traz.

Related Posts

Comentários sobre este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *