DESFRALDE – o começo de tudo!

Nossa ela já completou 3 anos e ainda não está completamente desfraldada? NÃO!!!! O processo aqui foi, está sendo lento e isso incomoda muuuuuuita gente…aff. Quase todos os dias respondo questões e críticas sobre o desfralde da B, além dos milhares de pitacos é claro.

Eu acho muito válida a troca de experiências entre mães, afinal é isso que eu faço aqui ao contar um pouquinho de como passamos pelas inúmeras fases da maternidade e criação da minha filha. Mas acredito muito no respeito ao tempo de cada mãe, família e criança.

Em um primeiro momento comecei a ficar ansiosa pelo fato de quase todas as crianças na idade da B já estarem fazendo número 1 e até o número 2 na privada enquanto ela nem sinal dava de querer tirar a fralda. Peguei um pinico emprestado, daqueles cheio de coisa, cara de pato, fazia barulho, era colorido e simplesmente ela passava longe….teve verdadeiro terror do tal pinico.

Resolvi deixar um dia de calcinha, sem fralda e todossssss os xixis foram no chão sem que ela demonstrasse qualquer incomodo com isso. Não fazia diferença pra ela estar ou não de fralda. Mas pra mim fez, muitaaaaaa….. 6 calcinhas pra lavar e muito pano no chão da sala durante uma tarde. Enfim, percebi que não era a hora, ela não queria tirar a fralda, ela não me deu sinais…eu fui ansiosa e passei por cima do tempo dela. Bem feito, fui pro tanque lavar calcinha…kkk.

Esperei mais uns 2 meses e começamos a conversar sobre o banheiro, toda fez que íamos avisávamos: B, mamãe vai fazer xixi! . Dias fazendo isso e ela começou a pedir pra ir junto pra ver, tanto comigo quanto com o pai. Mas ainda demonstrava medo da privada e do pinico. Eu tinha que resolver essa questão. Mas como na vida de mães sempre aparecem anjos, recebemos a visita da Manu ( uma menina linda e carinhosa que mora no nosso prédio) e a mãe dela disse que ia trazer de presente pra B o assento que a Manu usou pra aprender a fazer xixi e coco no vaso.

Pronto parecia que a B estava ganhando um troféu…kkkk. Santo assento da Manu que começou a viabilizar o processo do desfralde aqui de casa. Mas calma….COMEÇOU porque ainda tem muita história pra contar…..

O início nem sempre é fácil, então é preciso paciência, verificar quais estão sendo os impeditivos para esse processo que faz parte do desenvolvimento dos nossos pequenos. Nós aqui descobrimos em um primeiro momento não estava no tempo dela e esperamos e depois que o pinico não seria legal…trocamos (graças a Manu) pelo assento. Demos o start……

E por aí, já começaram?

Beijos

Renata Chiarello

Renata Chiarello

Oi, eu sou Renata Chiarello mãe da B. Uma mãe que alterna loucura e equilíbrio (afinal qual mãe não é assim, né?). Uma mãe que quer desvendar e mostrar o mundo. Uma mãe que descobre todos os dias, de diferentes formas, as maravilhas e dificuldades que a maternidade traz.

Related Posts

Comentários sobre este post

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *